Luiz Henrique sugere 3 propostas para serem enviadas a Lula

O governador reeleito de Santa Catarina, Luiz Henrique, sugeriu nesta quinta-feira ao Conselho Político do PMDB que apóie três propostas a serem encaminhadas pelo partido ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para que sejam incluídas na agenda nacional, na montagem do governo de coalizão. "O governo federal pode tomar a iniciativa de propor ao Congresso medidas para retirar os municípios da inanição e os Estados da ingovernabilidade", afirmou, ao sugerir entre as medidas, a partilha aos Estados e municípios da arrecadação da União com as contribuições, a exemplo da CPMF. Outra medida seria o ressarcimento de 50% das perdas dos Estados com as exportações e que o governo deixe uma parte da dívida dos Estados, de 20% a 30% para que eles possam aplicar na educação, saúde e pesquisa tecnológica. Para Luiz Henrique, essas propostas têm que estar dentro de um documento que o partido levaria ao presidente Lula. "Só assim vai ressurgir o novo PMDB. Se aceitarmos propostas de generalidades vamos ter o mesmo PMDB de ontem: sem cara, sem força e sem proposta, e que se resume a lideranças regionais, sem alternativas para o futuro".Luiz Henrique reforçou a sugestão anunciada pelo presidente do PMDB, Michel Temer, de deixar com o governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, a coordenação das propostas, sobretudo a parte da reforma tributária. "Nós temos que sair na frente e discutir o conteúdo das propostas para o governo de coalizão", afirmou Rigotto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.