Luiz Henrique quer PMDB na base do governo

Ao deixar o Palácio do Planalto, o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique, disse que é favor do seu partido, o PMDB, continuar integrando a base aliada do governo. Luiz Henrique negou que tivesse conversado sobre a crise do PMDB com o governo nas duas audiências que teve hoje - com o ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, e com o ministro da Casa Civil, José Dirceu. Nesses encontros, segundo o governador, foram tratadas apenas questões de interesse de Santa Catarina.Luiz Henrique disse que se o PMDB se decidisse pela oposição ao governo Lula, ele espera que o partido não busque a direita em alianças com o PFL. O governador se disse a favor de uma candidatura própria mas admite que, se isto não for possível, o partido possa compor uma chapa com o PT na eleição presidencial de 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.