Lugo e Uribe ligam para desejar melhoras a Lula

Auxiliares dos mandatários de Paraguai e Colômbia entraram em contato com a assessoria da presidência

estadao.com.br,

29 de janeiro de 2010 | 14h13

Os assessores dos presidentes do Paraguai, Fernando Lugo, e da Colômbia, Alvaro Uribe, contactaram o Palácio do Planalto nesta sexta-feira, 29, para obter informações sobre o estado de saúde do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que sofreu uma crise de hipertensão e foi internado na quarta-feira, em Recife.

 

Veja também:  

link Médicos receitaram antibióticos para gripe mal curada de Lula  

link Internação de Lula repercute na imprensa internacional  

link Temporão atribui internação de Lula a excesso de trabalho  

especial Leia o que foi dito sobre o problema de saúde de Lula  

video TV ESTADÃO: O dia em imagens

 

 

Lugo e Uribe, por meio de seus respectivos auxiliares, realizaram um contato com o assessor da Presidência Marco Aurélio Garcia. O funcionário do governo brasileiro já havia falado anteriormente com o assessor nacional de segurança do governo dos EUA, general James Jones, que contactou a presidência a pedido do mandatário norte-americano, Barack Obama.

 

No sábado, 30, Lula será submetido a uma bateria no Instituto do Coração (InCor) em São Paulo, pela equipe do cardiologista Roberto Kalil, que acompanha o caso do presidente. O check-up está previsto para durar três horas. Nesta sexta-feira, à tarde, o médico da presidência Cleber Ferreira, que prestou os primeiros atendimentos ao presidente no Recife, fará uma avaliação de rotina da saúde de Lula, que permanece em sua casa em São Bernardo.

 

Com informações do Blog do Planalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.