Lixo eleitoral triplica no Distrito Federal

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) recolheu até nesta quinta-feira, 09, 350 toneladas de lixo eleitoral das ruas, três vezes mais que as 120 toneladas recolhidas no pleito de 2010. Apesar da disseminação de campanhas nas redes sociais, a produção de lixo eleitoral bateu recorde em Brasília.

ISABEL FILGUEIRAS, ESPECIAL PARA A AE, Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2014 | 18h05

O cálculo do TRE-DF inclui cartazes, faixas, placas, folhetos, santinhos e cavaletes. Segundo o tribunal, o material apreendido será encaminhado para centros de reciclagem. O projeto de lei 2183/11, que limita a veiculação de propaganda eleitoral impressa a 500 unidades em vias públicas, aguarda votação no plenário, informa a Câmara Federal.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesDFlixo eleitoral

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.