Lista do HSBC suíço cita 22 empresários de mídia

Além dos proprietários de jornais, rádios e TVs ou seus familiares e herdeiros, documentos incluem 7 jornalistas

O Estado de S.Paulo

15 de março de 2015 | 02h02

Entre os 8.667 brasileiros que tinham contas na agência do HSBC em Genebra em 2006 e 2007 aparecem os nomes de 22 proprietários de veículos de comunicação ou de familiares e herdeiros, além de sete jornalistas.

O levantamento foi revelado pelo jornal O Globo e pelo UOL e faz parte de uma série de reportagens comandada pelo ICIJ, sigla em inglês para Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, sobre o escândalo conhecido como Swissleaks.

As empresas de mídia e jornalistas citados afirmaram desconhecer as contas, negaram irregularidades ou preferiram não comentar o assunto. Os documentos indicam que 14 contas estavam encerradas quando os dados foram vazados por um ex-funcionário do HSBC na Suíça.

Contas bancárias no exterior não são ilegais, desde que sejam declaradas à Receita Federal.

Nos registros constam os nomes de Octavio Frias de Oliveira (1912-2007) e Carlos Caldeira Filho (1913-1993), que tiveram conta conjunta na instituição entre 1990 e 1998, da qual era beneficiário Luiz Frias, atual presidente da Folha de S.Paulo e UOL.

Lily de Carvalho (1921-2011), viúva de dois jornalistas e donos de jornais, Horácio de Carvalho (1908-1983), proprietário do extinto Diário Carioca, e Roberto Marinho (1904-2003), dono do atual Grupo Globo, aparece na lista.

Os registros trazem os nomes de quatro integrantes da família Saad, dona do Grupo Bandeirantes; o do apresentador de TV Carlos Massa, o Ratinho, dono da Rede Massa, no Paraná; do ex-proprietário da Gazeta Mercantil Luiz Fernando Ferreira Levy; e de Fernando Luiz Vieira de Melo (1929-2001), que foi diretor da Rádio Jovem Pan.

Os jornalistas citados nos documentos são Arnaldo Bloch (O Globo), José Roberto Guzzo (Editora Abril), Mona Dorf (Jovem Pan) e os quatro filhos de Alberto Dines, dos quais, segundo ele, apenas um vive no Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
O Estado de S. Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.