Liminar tira Rio de Janeiro da lista de inadimplentes

Liminar concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes excluiu o governo do Rio do chamado cadastro de inadimplentes da União. A decisão vale até o julgamento do mérito da questão. O governo fluminense foi incluído na lista por possíveis irregularidades na execução financeira de 11 convênios destinados à administração penitenciária. A União alega que o Estado não está sendo prejudicado nem teve seus direitos limitados. As informações são do site Consultor Jurídico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.