Liminar suspende proclamação do prefeito eleito de Mauá

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) concedeu nesta quinta-feira uma liminar parcial suspendendo a decisão da Justiça Eleitoral de Mauá, que proclamou eleito para o cargo de prefeito o candidato Leonel Damo (PV), segundo colocado no primeiro turno das eleições. A ação foi impetrada pelo candidato Márcio Chaves (PT), primeiro colocado na eleição, e atendida pelo relator, desembargador Paulo Shintate. O desembargador considerou se tratar de uma questão polêmica que poderia resultar em dano irreparável para Márcio Chaves, caso fosse mantida a proclamação de Leonel Damo."A proclamação está suspensa até o julgamento do mérito do mandado de segurança, que deve ocorrer em breve", esclarece o TRE-SP em nota distribuída por sua Assessoria de Comunicação. A juíza eleitoral de Mauá, Ida Inês Del Cid, cancelou o segundo turno das eleições e validou o resultado do primeiro turno após o candidato Márcio Chaves (PT) ter o seu registro cassado pelo TSE.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.