Liminar suspende perda de tempo de Maluf na TV

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), desembargador Alvaro Lazzarini, concedeu hoje liminar ao Partido Progressista (PP) para suspender a execução da decisão que retirou tempo da propaganda eleitoral do candidato à Prefeitura de São Paulo pelo partido, Paulo Maluf, até que o recurso seja julgado pelo Tribunal. Ontem, o juiz auxiliar da 1ª zona eleitoral, Galdino Toledo Júnior, acolheu representação da coligação PSDB-PFL-PPS, do candidato José Serra, contra o PP e determinou a perda de 24 segundos do horário de Maluf na propaganda política de televisão, nos blocos vespertino e noturno, onde deveria ser exibida uma tarja indicando que a suspensão fora definida pelo TRE-SP. Segundo a decisão de Toledo Júnior, o PP utilizou o espaço reservado à propaganda eleitoral dos candidatos a vereador para propaganda majoritária, o que é vedado pela legislação eleitoral. De acordo com o TRE-SP, ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.