Liminar suspende horário de verão em Goiás

O Estado de Goiás está fora do horário de verão, pelo menos temporariamente. Decisão liminar concedida nesta sexta-feira pela juíza Maria Divina Vitória, da 7ª Vara Federal, exclui o Estado da obrigatoriedade de entrar no sistema, que terá início à meia-noite deste sábado. A decisão da juíza Vitória acatou ação popular proposta pelo deputado Luiz Bittencourt(PMDB-GO). "Estou muito confiante pelo fato de a Bahia também ter conseguido, naJustiça, o direito de não ter horário de verão, que prejudica muito a população", declarouo deputado.Mas a decisão deve cair nas próximas horas, a exemplo do que ocorreu no ano passado em Goiás. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a Advocacia-Geral da União e o governo do Estado ainda podem recorrer da sentença.Como nesta sexta-feira é ponto facultativo para os servidores públicos federais, a Aneel não estáfuncionando e não se pronunciou sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.