Liminar do TJ suspende novo salário de prefeita

O desembargador Palma Bisson, do Tribunal de Justiça paulista, concedeu liminar a ação que pede suspensão dos reajustes anuais da prefeita, vice-prefeito e secretários municipais de Ribeirão Preto, bem como fixava os salários e reajustes dos vereadores da cidade proporcionalmente a 75% dos vencimentos dos deputados estaduais. A liminar foi concedida em ação ajuizada pelo procurador-geral de Justiça, Fernando Grella Vieira. O mérito ainda será avaliado pelo órgão especial do TJ.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.