Liminar do PSOL pede votação de denúncia, não de parecer da CCJ, anuncia Ivan Valente

Deputado afirma ter protocolado mandado no STF para análise pelo plenário da acusação da Procuradoria

Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo

02 Agosto 2017 | 12h47

BRASÍLIA - O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) confirmou no início desta tarde de quarta-feira, 2, que o partido entrou com um pedido de liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) para solicitar que o plenário da Câmara analise nesta quarta a denúncia original da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer e não o parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que foi aprovado na CCJ da Casa e que pede o arquivamento da denúncia. "Já protocolamos o pedido e esperamos que essa liminar saia a qualquer momento", disse Valente. Segundo o deputado, no entanto, o pedido ainda não foi distribuído para nenhum ministro do Supremo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.