Liminar autoriza posse de Dalazen na direção do TST

O ministro José Antonio Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma liminar autorizando a posse de João Oreste Dalazen como presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST). A posse, marcada para o dia 2, estava suspensa por ordem do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O CNJ tinha tomado a decisão a pedido da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra). A entidade tinha argumentado que ocorreu uma ilegalidade na eleição para a presidência do TST porque Dalazen já teria ocupado cargos de direção por quatro anos. Esse seria o prazo máximo previsto na legislação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.