Limeira vive epidemia de dengue

A Vigilância Epidemiológica de Limeira admite a existência de epidemia de dengue na cidade, onde já foram a confirmados 162 casos da doença, sendo 88 registrados só na última semana. Outras duas cidades passavam pelo mesmo problema na região. O município de Campinas, que já confirmou até agora 148 casos e Sumaré, onde a dengue avança rapidamente, com 87 notificações. Todos os casos registrados até agora são do tipo l, considerado o mais comum da doença.Os agentes de saúde acreditam que a região poderá desenvolver a qualquer momento a dengue hemorrágica, a versão mais grave da doença, que pode levar a morte. A situação em Sumaré é a que mais preocupante os agentes de saúde, pois o município viveu três epidemias da doença, nos últimos cinco anos e, semana passada, registrou o primeiro caso de dengue do tipo 2, em uma escala que vai até 4.O final de semana foi de conscientização da população dos três municípios, que organizaram mutirão de limpeza para exterminar os criadouros do mosquito aedes Aegypti, que transmite a doença. "A dengue sob controle, apesar do número ter crescido nos últimos dias", disse o diretor de zoonoses de Limeira, Paulo Baraldi. Os números divulgados na sexta-feira pela Diretoria Regional de Saúde (DIR-12) apontam 342 casos da doença nos 42 municípios da região de Campinas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.