Lila Covas reitera apoio à candidatura de Geraldo Alckmin

A viúva do ex-governador Mário Covas, Lila Covas, aproveitou a série de homenagens feitas hoje ao aniversário de cinco anos da morte de seu marido para reiterar o apoio concedido nas últimas semanas à pré-candidatura de Geraldo Alckmin à Presidência da República.Apesar de não ter dado entrevista aos jornalistas presentes na inauguração do centro de tratamento de malformações craniofaciais Mário Covas, instalado no hospital Guilherme Álvaro, em Santos, Lila aproveitou seu discurso para pedir mais uma vez que Alckmin seja escolhido pelo PSDB para a disputa de outubro."Eu defendo com todas as minhas forças que ele seja nosso próximo presidente da República", afirmou Lila, ressaltando que o governador paulista "tem sangue novo e força para mudar este País". Lila lembrou ainda que o próprio Alckmin sugeriu que a nova ala do hospital fosse batizada com o nome de Covas e disse, em tom emocionado, que as qualidades de Alckmin fazem com que ele próprio mereça uma homenagem como essa.Lila Covas passou toda a manhã de hoje em uma série de eventos em homenagem à morte do ex-governador. Logo no início da manhã, participou de uma missa e em seguida visitou o túmulo do marido, sempre acompanhada de Alckmin e de outros tucanos. Depois de passar pelo hospital onde foi inaugurada a nova ala, Lila convidou o governador para um almoço em sua casa. A viúva de Covas não quis dar entrevistas, argumentando que este é um dia dedicado à memória de seu marido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.