Líderes pedem que sala do painel seja lacrada

Enquanto prossegue, no plenário da Câmara, a votação nominal do projeto que flexibiliza a legislação trabalhista, os líderes dos partidos assinaram uma folha dando sua anuência para que seja lacrada a sala controladora do sistema de votação eletrônica do plenário da Câmara. Os partidos de oposição querem que seja solicitada a contratação de peritos da Unicamp para investigar se houve fraude ou não napane registrada hoje no sistema eletrônico, durante a votação do projeto que muda a CLT. Foram técnicos da Unicamp que descobriram a violação do painel eletrônico do Senado, durante a sessão em que foi cassado o mandato do ex-senador Luiz Estevão (PMDB-DF). Mas a decisão final sobre se o painel deverá ou não periciado deverá ser dada pelo presidente da Câmara, Aécio Neves (PSDB-MG). "Eu asseguro que não houve fraude ou má-fé. Pode ter havido problema técnico", afirmou o secretário-geral da mesa da Câmara, Mozart Vianna.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.