Líderes nas pesquisas de intenção de voto em Fortaleza mostram-se confiantes

Roberto Claúdio (PDT) e Capitão Wagner (PR) disseram que vão buscar alianças para um provável segundo turno

Carmen Pompeu, Especial para O Estado, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2016 | 13h21

FORTALEZA - Todos os oito candidatos a prefeito de Fortaleza votaram na manhã deste domingo, 2. Líderes nas pesquisas de intenção de votos, Roberto Claúdio (PDT) e Capitão Wagner (PR) mostraram-se confiantes e disseram que vão buscar alianças para um provável segundo turno. 

O primeiro a votar, às 8h30, foi Heitor Férrer (PSB), que já admitiu não ir para o segundo turno. Ele disse articular uma conversa com os prováveis candidatos a seguirem na disputa. O segundo foi Francisco Gonzaga (PSTU), que afirmou que não irá apoiar nenhum nome no segundo turno.

O Capitão Wágner (PR) foi o terceiro a votar. Ele disse que assim que sair o resultado das urnas, vai procurar todos os derrotados para apoiá-lo. O quarto a votar nesta manhã foi Ronaldo Martins (PRB), que destacou ter feito uma campanha propositiva, mas reconheceu que não passará para o segundo turno. Afirmou que está avaliando quem apoiar na próxima fase. 

Quinto a votar pela manhã, por volta das 10h, João Alfredo (PSOL) afirmou que não vai apoiar nenhum dos candidatos que passarem para o segundo turno. O sexto a votar foi o prefeito Roberto Cláudio (PDT), candidato a reeleição. Não arriscou palpite de quem vai enfrentar no segundo turno e que vai procurar os derrotados em busca de apoio.

Penúltimo a votar, Tin Gomes (PHS) reconheceu a derrota. "Me sinto gratificado por minhas propostas terem sido incorporadas aos programas de candidatos que podem ir ao segundo turno", disse. A petista Luizianne Lins (PT) foi a última a votar, já perto do meio-dia. Apesar de as pesquisas mostrarem o contrário, a ex-prefeita de Fortaleza acredita que estará no segundo turno. Disse que vai procurar as forças progressivas para apoiá-la e que ainda não pensa na possibilidade de derrota. 

Balanço. A Polícia Federal (PF) prendeu 10 pessoas que faziam boca de urna em Fortaleza nesta manhã. Uma das pessoas presas é o vereador e candidato à reeleição, Zier Férrer (PDT). Segundo os agentes da PF, Zier estava distribuindo "santinhos" no bairro Tancredo Neves, periferia de Fortaleza. Levado para a sede da Superintendência Regional da PF, Zier disse que por ser uma pessoa popular, foi cercado por eleitores. "Não estava distribuindo nada", afirmou.

Além dessa ocorrência, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) registrou, até o meio-dia, a troca de 52 urnas eletrônicas em todo o Estado. As 52 urnas apresentaram problemas técnicos. Só em Fortaleza foram 23 urnas trocadas. A votação acontece sem grandes filas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.