Líderes governistas tentam garantir sessão da Câmara hoje

Os líderes governistas fizeram ontem contatos com parlamentares da base aliada para garantir hoje a abertura da sessão ordinária da Câmara. É necessária a presença de, no mínimo, 52 deputados para a realização da sessão. A instalação da sessão contabiliza prazo para a tramitação das reformas tributária e da Previdência nas comissões especiais (40 sessões) e na apresentação de emendas (dez sessões). Até quinta-feira, os parlamentares têm prazo para apresentar emendas à reforma da Previdência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.