Líderes fazem acordo para agilizar votação do mínimo

Os líderes dos partidos de oposição e do governo na Câmara acabam de fechar um acordo de procedimentos para encurtar os debates sobre e medida provisória que elevou para R$ 260,00 o valor do mínimo, com vigência desde 1º de maio. Pelo acordo, apenas dez deputados - cinco a favor e cinco contra o valor proposto pelo governo - debaterão a matéria. O encaminhamento será feito por apenas outros seis parlamentares - também três a favor e três contra. Como cada deputado terá direito a usar a palavra por cinco minutos, pelo menos em tese a emenda poderá começar a ser votada dentro de duas horas pelo plenário da Câmara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.