Líderes do Senado decidem votar projetos não polêmicos

Votações estão paradas desde o início do recesso parlamentar, em julho

Carol Pires, AE

25 de agosto de 2009 | 16h46

Sem condições políticas de costurar uma pauta de votações de interesse do governo, o colégio de líderes do Senado decidiu, em reunião terminada na tarde desta terça-feira, 25, que será colocado em votação em plenário nesta terça uma lista de 16 projetos que não causem polêmica entre governo e oposição, como decretos legislativos e acordos internacionais.

 

Os líderes da oposição não compareceram à reunião em protesto contra a crise política no Senado. O senador José Agripino Maia (RN) disse que a Casa ainda não voltou às condições políticas normais para que os senadores retomem as votações em plenário - paradas desde o início do recesso parlamentar, em julho.

Participaram da reunião os líderes do PSB, PMDB, PTB, PR, PDT, e o líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), além do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). O líder do PT, Aloizio Mercadante (SP) também não compareceu ao encontro, pois está em São Paulo acompanhando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em agenda oficial.

Tudo o que sabemos sobre:
Senadovotação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.