Líderes aliados decidem retomar votações na Câmara

Reunidos com o líder do governo, deputado Professor Luizinho (PT-SP), os líderes aliados do governo decidiram retomar, hoje mesmo, no plenário, a votação das 25 medidas provisórias que estão trancando a pauta. O vice-líder do governo Beto Albuquerque (PSB-RS) disse que será dada prioridade à votação das sete MPs que, no domingo, perdem a validade se não forem votadas até lá. "Temos de votar essas sete MPs para que o Senado possa votá-las ainda esta semana", afirmou Albuquerque. Ele informou que também o PMDB está "sintonizado com o governo" para votação dessas matérias. O presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), chegou ao plenário e deverá, logo mais, começar a colocar as MPs em votação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.