Líder tucano quer Jungmann no PSDB

O líder do governo no Congresso, Athur Virgílio, informou que irá convidar o ministro do Desenvolvimento Agrário, Raul Jungmann, para se filiar ao PSDB. Atualmente, Jungmann é filiado ao PPS. Ao chegar ao Palácio do Planalto para a solenidade de posse do ministro da Integração Nacional, Ramez Tebet, Virgílio disse que não faz sentido que o ministro não ingresse no PSDB e permaneça num partido, o PPS, que não apóia explicitamente o governo Fernando Henrique Cardoso. "Eu sei que ele vai ficar com a gente, porque ele é ético", disse Virgílio.O líder afirmou, ainda, que espera que os parlamentares do PMDB definam o quanto antes se permanecerão na base aliada. Virgílio disse que pretende conversar com as lideranças do partido para mostrar que o PMDB é fundamental para manter a governabilidade e ajudar o governo a vencer as eleições presidenciais em 2002. "Ainda não conversamos com o presidente Fernando Henrique Cardoso mas a orientação será conversar com o PMDB para mostrar que é essencial para o governo mantê-los em nossa base de apoio", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.