Líder petista diz que defesa de Lula será bandeira da esquerda

Carlos Zarattini afirma que candidatura de Lula para 2018 será prioridade dentro do partido

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2017 | 15h18

O deputado federal Carlos Zarattini, líder do PT na Câmara, disse nesta quinta-feira, 13, que a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto em 2018 serão duas bandeiras centrais no campo da esquerda após  a condenação do ex-presidente a 9 anos e meio de prisão no caso do triplex do Guarujá (SP).  

“Estamos em uma luta permanente contra o governo que quer tirar direito dos trabalhadores. Nossa luta é para parar o carro. Não existe a solução de colocar Rodrigo Maia (presidente da Câmara, primeiro da linha sucessória ao Palácio do Planalto), mas antecipar as eleições diretas. Dentro disso se encaixa defesa do Lula e a candidatura dele. Isso vai ser priorizado dentro de uma linha geral de atuação”, afirmou o petista ao Estado. 

Ainda segundo Zarattini, o PT vai organizar manifestações em todos os Estados.    

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.