Líder do PTB diz que sem acordo nada será votado na Câmara

O líder do PTB, deputado José Múcio (PE), afirmou que nada será votado na Câmara até um acordo com o governo. "A Casa precisa ser respeitada. Somos aliados mas não podemos ficar só com medidas antipáticas", disse o líder, ao confirmar que há uma crise entre governo e Congresso que ainda não está superada. Segundo José Múcio, os deputados querem que o governo cumpra a lei orçamentária e os compromissos assumidos com as bancadas. "Não adianta o líder encaminhar a votação se a base está insatisfeita. O parlamentar tem compromisso com seus municípios e a lei orçamentária não está sendo cumprida".O líder do PFL, José Carlos Aleluia (BA), afirmou que a oposição pode no máximo fazer obstrução mas que cabe ao governo resolver os problemas de sua base de sustentação. "A crise que se instalou é entre o Executivo e sua base", disse o líder, para acrescentar que ontem, durante o jantar na casa do presidente da Câmara, João Paulo Cunha, os deputados foram explícitos ao manifestarem suas insatisfações com o governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.