Líder do PT diz que depoimento foi 'satisfatório'

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), afirmou nesta terça-feira que o depoimento do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa foi satisfatório em relação aos esclarecimentos técnicos.

DÉBORA ÁLVARES E RICARDO BRITO, Agência Estado

10 Junho 2014 | 16h37

O petista disse que ele negou as acusações, mas terá sua versão confrontada com os documentos requeridos pela CPI da Petrobras do Senado. "Qualquer depoente poderá ser reconvocado", afirmou o líder do PT, após o depoimento no qual o ex-diretor negou suspeitas levantadas pela Polícia Federal no curso da Operação Lava Jato de que Costa seria o líder de uma organização criminosa com atuação na estatal.

Paulo Roberto Costa deixou o plenário da CPI sem falar com a imprensa. No depoimento de quatro horas, o ex-diretor negou envolvimento nas irregularidades investigadas pela PF. Fez questão de sair em defesa da Petrobras, disse que chegou ao cargo na diretoria pela competência técnica que acumulou durante os 27 anos na estatal.

Mais conteúdo sobre:
CPI Petrobras senado Humberto Costa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.