Líder do PT defende candidatura de Palocci ao governo de SP

O líder do PT na Câmara, deputado Henrique Fontana (RS), disse que é "absolutamente normal" que se levante a hipótese de o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, ser candidato ao governo do Estado de São Paulo. "Ele é um quadro de grande envergadura do nosso partido", afirmou Fontana. "Já temos dois pré-candidatos de grande qualidade em São Paulo: o líder do governo no Senado Aloizio Mercadante, e a ex-prefeita Marta Suplicy".Fontana fez essas afirmações na posse dos novos diretores da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Ele disse que o PT está sendo submetido a uma inquisição e defendeu a investigação da quebra ilegal do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Souza, do mesmo jeito que acredita que deva ser investigada a quebra de sigilos bancários de pessoas do PT.Nildo, como é conhecido o caseiro, denunciou as visitas do ministro da Fazenda, Antônio Palocci, à mansão alugada em Brasília pelos lobistas conhecidos hoje como república de Ribeirão Preto e afirmou ter visto dinheiro chegar em malas e ser dividido na casa. Palocci sempre negou que tivesse visitado a mansão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.