Líder do PSDB desafia Berzoini a processar FHC

O líder do PSDB no Senado, senador Arthur Virgílio (AM), divulgou nota respondendo ao anúncio do presidente do PT, Ricardo Berzoini, de que vai processar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso por ter afirmado que a corrupção no governo Lula é "sistêmica" e que "a ética do PT é roubar". As afirmações de Fernando Henrique foram feitas em entrevista à revista IstoÉ. "O deputado Berzoini está desafiado a iniciar o processo.Está desafiado a provar que o ex-presidente não disse a verdade. Desafiado, portanto, a desmontar a fartura de dados e documentos já colhidos pelas comissões parlamentares de inquérito confirmando que a corrupção que envolve o governo Lula e o PT tinha organicidade e caráter sistêmico", diz a nota distribuída pelo líder tucano. Antes de divulgar o texto, Virgílio subira à tribuna do Senado para dar uma resposta a Berzoini. "O governo patrocinou a mais sistêmica e endêmica corrupção da história do País. Foi um verdadeiro esquema de máfia, e o silêncio está sendo pago a peso de ouro", dissera Virgílio, acrescentando: O chefes do Delúbio (Soares, ex-tesoureiro do PT que assumiu a responsabilidade por formação de caixa dois do partido) é o Lula."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.