Líder do PR diz não saber qual o sentimento de Jobim

O líder do PR na Câmara, deputado Lincoln Portela (PR-MG), disse hoje não saber qual o "sentimento" do ministro da Defesa, Nelson Jobim, que disse à revista "Piauí "que a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) é "muito fraquinha" e que a sua colega Gleisi Hoffman (Casa Civil) "não conhece Brasília".

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

04 de agosto de 2011 | 17h24

"Na realidade, não vejo as declarações como um fim em si mesmo, mas o que pode estar por detrás disso, não sei o que (Jobim) queria fazer com isso. Não posso fazer um juízo de valor, porque não sei qual o sentimento e o desejo dele", disse Portela, após encontro com Ideli Salvatti no Palácio do Planalto.

Segundo o líder, a ministra das Relações Institucionais estava "muito bem" durante o encontro. "Ela está muito tranquila, rindo, feliz. Disse que está muito bem, cuidando da saúde e até brincou em relação ao presidente (do Senado, José Sarney) Sarney, que disse que ela está fortinha", afirmou Portela.

Questionado se o PR estaria negociando cargos no governo, após a saída de Alfredo Nascimento da pasta de Transportes, Portela disse que a legenda não está pedindo nada, nem o governo oferecendo nada. Quanto às recentes nomeações de novos diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Portela afirmou que são indicações da presidente Dilma. "O partido não faz mais nenhuma indicação", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
ministérioDefesademissãoJobimDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.