Líder do MST é preso no interior de SP

O líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), Ricardo Ambrózio da Silva, foi preso hoje de manhã pela Polícia Militar, por resistir a uma ordem judicial para a desocupação de um imóvel pertencente ao Banco do Brasil, no município de Birigui. Na delegacia de polícia da cidade, enquanto era identificado criminalmente, o líder do MST correu atrás do fotógrafo Valdivo Pereira, do jornal Folha da Região, de Araçatuba, tomou duas máquinas fotográficas que ele usava e destruiu o equipamento. Durante a perseguição, o fotógrafo caiu e sofreu ferimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.