Líder do governo cobra "vergonha e modéstia" de FHC

O líder do governo na Câmara, deputado professor Luizinho, pediu, durante o encontro nacional da Executiva do partido, em São Paulo, "um pouquinho de vergonha e modéstia" ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Luizinho atacou a troca de elogios entre o ex-presidente e o ministro da Fazenda, Antonio Pallocci, na sexta-feira. "Ele (Fernando Henrique) nos entregou um País sem patrimônio, porque vendeu tudo; uma dívida de quase R$ 900 bilhões, metade dela dolarizada; uma escalada inflacionária; e um juros nunca vistos na nossa História", lembrou deputado. Para ele, ao criticar o atual governo, Fernando Henrique deixou o papel de estadista. "Então ele também tem de receber críticas e explicar ao País tudo o que fez."Antes de entrar para a reunião da executiva, Luizinho também rebateu as críticas dos setores mais à esquerda do partido, que continuam exigindo mudanças na política econômica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.