Divulgação
Divulgação

Licença médica de Pezão é prorrogada até 31 de outubro

Governador do Rio está afastado desde março para tratar um câncer linfático

Luciana Nunes Leal, O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2016 | 15h01

RIO - Afastado do governo do Estado desde março para tratar um câncer linfático, Luiz Fernando Pezão (PMDB) teve a licença médica estendida até 31 de outubro. Em nota, o governo que a equipe médica responsável pelo tratamento recomendou mais um mês de recuperação dos efeitos colaterais da quimioterapia. No próximo mês, Pezão será submetido a mais uma perícia.

O governador passou por seis ciclos de quimioterapia entre março e julho, quando foi dispensado das duas últimas etapas do tratamento, pois exames apontaram "resolução completa" do quadro de linfoma. Os médicos que atentem o governador informaram que Pezão não tem mais sintomas nem evidência do câncer e continua em tratamento "para recuperação clínica total". O governador é substituído pelo vice, Francisco Dornelles (PP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.