L’osservatore Romano
L’osservatore Romano

Lewandowski e papa Francisco discutem papel do Judiciário

Presidente do Supremo se encontra com pontífice em compromisso oficial na Itália

Beatriz Bulla, O Estado de S. Paulo

18 Fevereiro 2015 | 19h20

BRASÍLIA - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, se reuniu nesta quarta-feira, 18, com o papa Francisco, em audiência no Vaticano. Durante 20 minutos de encontro privado, os dois discutiram a conjuntura política mundial, problemas da América Latina e trocaram impressões sobre o papel do Poder Judiciário na promoção da justiça e paz social e na garantia de direitos fundamentais.

Na audiência, o papa mostrou preocupação em garantir a melhoria das condições de vida nos países da América Latina, sobretudo para grupos sociais desassistidos. De acordo com a assessoria do STF, o papa também falou sobre formas de conciliar desenvolvimento social com proteção ao meio ambiente e sobre o papel do Judiciário nessas questões.


O encontro aconteceu a convite do Vaticano. Lewandowski está na Itália desde quinta-feira, 12, para uma série de compromissos oficiais. 

O presidente do STF se reuniu também com o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin. Os dois conversaram sobre a preocupação em garantir pluralismo político, social e religioso. O cardeal disse a Lewandowski que o STF e o Judiciário têm importante papel na harmonia e estabilidade social do País.

Rainha. Lewandowski viaja para Londres na sexta-feira, 20, para compromissos relacionados ao evento Global Law Summit, que reúne autoridades e advogados em celebração aos 800 anos da Magna Carta de 1215. O texto é considerado um marco no Direito Constitucional. Na segunda-feira, 23.

O presidente do STF será recebido no Palácio de Buckingham, com previsão de audiência com a Rainha Elizabeth. Ele embarca de volta ao Brasil na terça-feira, 24.

Mais conteúdo sobre:
Papa Francisco Ricardo Lewandowski STF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.