Daniel Teixeira/AE
Daniel Teixeira/AE

Levy Fidelix diz não acreditar nas pesquisas e ataca Soninha

Candidato chama rival de 'maconheira' e repete proposta de aerotrem para cidade de São Paulo

Cristiane Salgado Nunes - O Estado de S. Paulo

17 de agosto de 2012 | 16h17

SÃO PAULO - O candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PRTB, Levy Fidelix, disse em entrevista à TV Estadão', nesta sexta-feira, 17, que os resultados das pesquisas de intenção de voto não são verdadeiros e chamou a candidata do PPS, Soninha Francine, de "maconheira".

Levy disse não acreditar no seu baixo desempenho nas pesquisas do Ibope e da Datafolha. "A rua é que é a verdadeira pesquisa. As pessoas reconhecem Levy Fidelix, conhecem minhas propostas. Não posso acreditar que essas pesquisas são sérias".

O candidato também falou que a mídia omite seu nome na cobertura das eleições e que os jornais não o colocam para dar entrevistas, citando até mesmo a candidata do PPS. "A maconheira pode, o Levy não pode", disse.

Propostas. Fidelix ainda repetiu sua já conhecida proposta do Aerotrem para melhorar a mobilidade urbana em São Paulo e voltou a dizer que o monotrilho implementado pelas últimas gestões na cidade é sua ideia. "Muito obrigado, Serra, muito obrigado, Alckmin, estão fazendo a ideia do Levy Fidelix", ironizou.

 

 

Ainda sobre transportes, ele garantiu que acabará com o que chamou de "indústria das multas" e extinguirá o serviço de inspeção dos veículos conduzido pela Controlar.

Para área de saúde, o candidato do PRTB prometeu criar os "moto-médicos" para atender a população à domicílio e criticou a gestão de Kassab. "A prefeitura gasta R$ 7 bilhões em saúde e gasta mal". Levy ainda propôs colocar os estudantes de Medicina para trabalharem na periferia, oferecendo pelo menos 3 salários mínimos, além de hotel para hospedagem no local. Ele também citou o projeto de colocar dentistas nas escolas municipais.

Na educação, Levy afirmou que a prefeitura está formando analfabetos nas escolas e prometeu acabar com a progressão continuada.

 

Próximo entrevistado. As entrevistas serão retomadas na  próxima segunda-feira, 20, às 15h, quando o candidato do PDT, Paulinho da Força, apresentará suas propostas e responderá às perguntas dos internautas.

Levy Fidelix foi o segundo entrevistado da série "Entrevistas Estadão" com os candidatos à Prefeitura de São Paulo. Na quinta-feira, 16, o convidado foi Carlos Giannazi do PSOL.

 

As entrevistas serão retomadas na segunda-feira, às 15h, quando o candidato do PDT, Paulinho da Força, apresenta suas propostas e responde às perguntas dos internautas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.