Dida Sampaio/Estadão - 09.11.2013
Dida Sampaio/Estadão - 09.11.2013

Levaremos 10 anos para voltar ao padrão de vida de dez anos atrás, diz Álvaro Dias (PV-PR)

O parlamentar citou os protestos pelo impeachment e o surgimento de uma “nova Justiça que alcança os poderosos” como exemplos de mudanças

Gustavo Porto e Luísa Martins, BRASÍLIA

11 de maio de 2016 | 20h46

BRASÍLIA - O senador Álvaro Dias (PV-PR), afirmou há pouco durante pronunciamento na sessão da Comissão Especial de Impeachment que avalia o afastamento de Dilma Rousseff (PT), que o País levará 10 anos para voltar ao padrão de vida de 10 anos atrás, numa referência à crise econômica. “Este processo começou anos atrás, na época do escândalo dos Correios. Na esteira dos escândalos, veio insatisfação popular e banalização da corrupção”, avaliou.

O parlamentar citou os protestos pelo impeachment e o surgimento de uma “nova Justiça que alcança os poderosos” como exemplos de mudanças. “A mudança tem que chegar agora à política, ou seremos apeados da atividade pública”, cobrou.

Ainda segundo ele, o sistema “promíscuo” é a razão direta do processo de impeachment de Dilma e ainda a matriz de governos corruptos “que foi clonado e tornou-se suprapartidário”, afirmou. “Esse sistema tem de ser substituído e não se justifica porque esgotou a capacidade do Estado de investir. Esse sistema interessa aos mensaleiros, aos gafanhotos, sanguessugas, aos filhos do petrolão e aos chupins da República”, concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.