Laudo confirma que Naya morreu de enfarte

Laudos da Polícia Técnica atestaram "enfarte do miocárdio" como a causa da morte do empresário Sérgio Naya, ocorrida em 20 de fevereiro num quarto do Hotel Jardim Atlântico, em Ilhéus , onde estava hospedado. Os exames não registraram nenhuma substância tóxica no organismo do empresário nem indícios de morte violenta. Naya, que já havia sido deputado, era dono da construtora Sersan, responsável pelas obras do Edifício Palace 2, no Rio, que ruiu em fevereiro de 1998, deixando 8 pessoas mortas e centenas desabrigadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.