Lançamento de projeto contra pobreza tem presença de ACM

Afastado da política nacional após o escândalo da violação do painel do Senado, o ex-senador Antonio Carlos Magalhães (PFL) tenta repetir na Bahia as iniciativas que tomava no Congresso. Comopresidente do Senado, defendia a aprovação do Fundo de Combate à Pobreza. Neste sábado, em Salvador, participou do lançamento de projetos na mesma linha: a criação, pelo governo da Bahia, daSecretaria de Combate à Pobreza e Desigualdades Sociais e do Restaurante Prato do Povo. Com recursos de R$ 100 milhões, a secretaria reunirá todos os programas, verbas e iniciativas voltadas para o atendimento da população carente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.