Lançada campanha contra extermínio de menores e maus-tratos

A Esplanada dos Ministérios foi palco nesta sexta-feira de um protesto contra o extermínio de crianças e as condições de tratamento a menores internados nas unidades da Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem).Abrindo a campanha "Para Nossas Crianças, nem Cadeia nem Caixão!", o Conselho Federal de Psicologia colocou 365 caixões em frente ao Congresso Nacional. Os psicólogos de todo o País querem denunciar o que chamam de "falência" das políticas de atendimento de instituições públicas responsáveis pela guarda de menores.Querem ainda conscientizar as autoridades públicas e a população para a necessidade de se aplicar corretamente o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.