Lafer promete "popularizar" o Itamaraty

O ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer, tomou posse nesta segunda-feira do cargo, prometendo popularizar o Itamaraty e dar atenção especial às atividades de promoção comercial, para aumentar as exportações. Antes de seu discurso, porém, seu antecessor, o ex-ministro Luiz Felipe Lampreia, alertou em seu pronunciamento sobre as dificuldades financeiras do Itamaraty para realizar as ações necessárias. "O Brasil precisa de um setor público forte e de uma diplomacia aparelhada", disse o ex-ministro. "Para tanto, o Itamaraty necessita de mais recursos para cumprir sua missão", afirmou Lampreia. O orçamento anual do Ministério das Relações Exteriores é de cerca de R$ 750 milhões. Em 1995, a participação do Itamaraty no Orçamento da União era de 0,13%. Com o programa de ajuste fiscal, a fatia do ministério caiu para 0,7% no ano passado.O Departamento de Promoção Comercial tem uma verba anual de R$ 3,5 milhões, mas já chegou a ter mais de R$ 20 milhões no início da década passada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.