Lacerda troca Polícia Federal por chefia da Abin

O diretor-geral da Polícia Federal, delegado Paulo Lacerda, assumirá a chefia da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Para seu lugar na PF irá o delegado Luiz Fernando Corrêa, atual secretário nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça. O diretor da Abin hoje, Marcio Buzzanelli, foi informado de que está fora pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Jorge Armando Félix.As mudanças nas cúpulas da PF e da Abin foram decididas ontem à noite pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em reunião com o ministro da Justiça, Tarso Genro - que vinha defendendo a nomeação de Corrêa para a PF. Corrêa é ligado ao PT, foi indicado para a secretaria pelo ex-ministro José Dirceu e tem respaldo das bases corporativas da polícia. Não conta, porém, com o apoio da maioria dos delegados.Para o lugar de Corrêa é cotado o ex-deputado petista Antonio Carlos Biscaia (RJ), atual secretário nacional de Justiça. E para esta secretaria, o nome mais forte é o do ex-deputado do PT Sigmaringa Seixas (DF).Lacerda já havia manifestado o desejo de sair da PF e chegou a ser convidado para ocupar o Ibama. Acabou aceitando o cargo de que, por toda a vida, disse querer distância. Ao longo da carreira, ele sempre avaliava que tudo estava errado na Abin. Por isso, é provável que a agência seja reformulada. A saída de Lacerda desencadeará também uma reformulação na PF, especialmente no modo de atuação e na alternância do grupo que a comandou nos últimos anos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.