Lacerda: sem prévias para 2010, Aécio terá 'dificuldade'

Protagonista da polêmica aliança entre Aécio Neves (PSDB) e Fernando Pimentel (PT) na sucessão municipal em Belo Horizonte, o prefeito da capital mineira, Márcio Lacerda (PSB), disse hoje que o governador mineiro terá "muitas dificuldades" de consolidar-se como candidato tucano à Presidência em 2010 caso não consiga emplacar a proposta de prévias. Aécio trava uma disputa interna com o governador paulista José Serra pela indicação. "A minha opinião é que se houver prévias ele terá muitas possibilidades de ser o candidato, mas se a decisão ficar por conta da cúpula do PSDB ele terá muitas dificuldades de ser candidato", afirmou Lacerda.O prefeito foi questionado sobre a declaração de Pimentel em entrevista publicada na última edição da revista Veja, na qual afirma que a seu ver o "jogo está definido no ninho tucano" e que Aécio "esticará a corda, mas sabe que não tem mais espaço". A declaração do ex-prefeito petista irritou alguns dos principais aliados do governador de Minas e gerou especulações sobre um possível estremecimento nas boas relações mantidas pelas duas lideranças do Estado. Hoje, Lacerda - que foi eleito com apoio do ex-prefeito e de Aécio - procurou minimizar o episódio. "Ele (Pimentel) diz que vê muitas dificuldades para o governador dentro do PSDB para confirmar a sua candidatura. Ele não fez nenhuma crítica ao governador".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.