Lacerda está 16 pontos à frente de Patrus em BH

O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), candidato à reeleição, está 16 pontos percentuais à frente do ex-ministro Patrus Ananias na disputa pelo Executivo municipal. É o que mostra pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta, segundo a qual o socialista tem 46% de preferência do eleitorado, contra 30% do petista.

MARCELO PORTELA, Agência Estado

29 de agosto de 2012 | 19h57

Patrus ainda diminuiu a vantagem em relação ao levantamento anterior, realizado em 19 e 20 de julho, quando apareceu com 27% das intenções de voto, enquanto Lacerda havia aparecido com 44%. No entanto, a oscilação fica dentro da margem de erro, de três pontos percentuais para mais ou para menos. Pelo levantamento, 10% do eleitorado pretende votar em branco ou nulo -contra 11% do resultado anterior -, enquanto o número de indecisos ou de pessoas que não responderam caiu de 12% para 9%.

A pesquisa divulgada nesta quarta, encomendada em parceria pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo, mostra a candidata do PSTU, Vanessa Portugal, com oscilação de um ponto para baixo, passando de 4% no levantamento anterior para 3%. Já Maria da Consolação Rocha (PSOL) se manteve com 1% das intenções de voto. Os candidatos Tadeu Martins (PPL), Pepê (PCO) e Alfredo Flister (PHS) não somaram 1% da preferência nas duas pesquisas.

O levantamento também avaliou o índice de rejeição dos candidatos. Pepê lidera com 33%, seguido por Vanessa Portugal, com 24%; Tadeu Martins, com 22%; Maria da Consolação Rocha, com 21%; Patrus e Alfredo Flister, com 19% cada; e Lacerda, que não seria votado por 17% do eleitorado. Do total, 9% declararam que não votará em nenhum deles, 6% declarou que poderia votar em qualquer e 12% não souberam ou não responderam.

A pesquisa ouviu 827 eleitores da capital na terça-feira (28) e nesta quarta e foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TER-MG) sob o número 00294/2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.