Kassab toma posse na Câmara e elogia 'oposição responsável'

Prefeito, que assume para mais um mandato, agradeceu os vereadores do PT e diz que houve cooperação

Anne Warth, da Agência Estado,

01 de janeiro de 2009 | 17h02

O prefeito Gilberto Kassab (DEM) tomou posse às 16 horas desta quinta-feira, 1º, em sessão solene realizada na Câmara de Vereadores, na capital paulista. Ele foi reeleito em outubro de 2008 para assumir a prefeitura da maior cidade do País. Além de Kassab, também tomaram posse os 55 vereadores e a vice-prefeita Alda Marco Antônio(PMDB).   Veja também:  Geografia do voto: Mapa do desempenho dos partidos  'Orçamento é uma peça de ficção', diz Eduardo Paes Prefeita do DEM busca apoio de Palocci e do PT em Ribeirão  'Serra é um homem mais preparado para o posto', diz Richa  Ciro sempre esteve muito perto do PSDB de Minas, diz Lacerda  'Maneira de ajudar é fazer uma boa gestão', diz João da Costa Na ocasião, o prefeito fez um agradecimento aos vereadores do PT, que, em sua avaliação, fizeram um trabalho responsável como oposição. Em seu nome e no nome do governador do Estado, José Serra (PSDB) - eleito nas eleições de 2004 e que deixou o cargo em 2006 para concorrer ao governo paulista -, Kassab frisou que os dois tiveram "a melhor relação possível" com a oposição.   Na avaliação do prefeito, o relacionamento com os vereadores foi de cooperação e isso resultou em desenvolvimento à cidade de São Paulo, "com avanços extraordinários", principalmente nas áreas de saúde, educação e no combate à poluição. Ele mencionou especificamente o projeto "Cidade Limpa", um dos carros chefes de sua campanha à reeleição, muito bem avaliado pela população paulistana.   A sessão solene foi presidida pelo vereador Wadih Mutran (PP-SP), o político mais antigo da legislatura, e teve como primeiro-secretário Aguinaldo Timóteo (PR), o segundo mais antigo entre os vereadores. Todos foram chamados ao plenário para fazer o juramento como novos integrantes da Casa, mas somente Jamil Murad (PC do B) se manifestou com um discurso. Ele disse torcer pelo fim do conflito entre israelenses e palestinos e pediu o fim "do massacre" contra o povo palestino.   O vereador Marco Cintra (PR), indicado pelo prefeito como secretário municipal do Trabalho, participou da sessão e tomou posse como vereador, mas, em seguida, deixou o cargo para o primeiro suplente Kito Formiga (PR). Após a sessão solene, o prefeito Kassab deixou a Câmara para participar da cerimônia de posse na sede da Prefeitura de São Paulo. Os vereadores devem eleger a Mesa Diretora da nova legislatura ainda nesta quinta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.