Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Kassab tenta dissociar rejeição de Serra de sua gestão

Prefeito também nega falta de participação na campanha do tucano à Prefeitura de São Paulo

Francisco Carlos de Assis, da Agência Estado

15 de outubro de 2012 | 15h45

SÃO PAULO - O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), tentou nesta segunda-feira, 15, dissociar o elevado índice de rejeição registrado pelo candidato do PSDB à Prefeitura, José Serra, à gestão na cidade.

 

"Existe a avaliação de candidato e existe a avaliação de gestão. Existem os momentos em que elas oscilam por conta de campanha. Então, na verdade, o que conta no momento é o candidato, as suas propostas, e quem está mais qualificado para dirigir a cidade nos próximos quatro anos", desconversou.

 

Kassab participou da abertura do quarto dia da 68.ª Assembleia-Geral da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), que, neste ano, é realizada na capital paulista. Kassab discordou das alegações de que não estaria participando com intensidade da campanha de Serra, que disputa agora o segundo turno com Fernando Haddad (PT). "Tenho participado bastante da campanha, todos sabem disso. Na minha própria campanha (à reeleição), a minha participação acontecia na hora do almoço, à noite e nos finais de semana. Não está sendo diferente na campanha do Serra."

 

Apesar de garantir sua participação na campanha de Serra, Kassab não disse se aparecerá nos programas do horário eleitoral gratuito do tucano neste segundo turno. "As pessoas querem ver é o candidato", disse. Sobre a possibilidade das menções do "kit gay" como motivo de debate entre os candidatos, Kassab disse que "o governador (de São Paulo, o tucano Geraldo Alckmin) respondeu bem ao dizer que a pauta, muitas vezes, não são os candidatos que estabelecem, mas que cabe aos candidatos discutir os assuntos que aparecerem".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.