Kassab recorre ao TRE para associar Marta a ''fichas-sujas''

Candidato do DEM usa panfletos sem logomarca da campanha para atacar a adversária petista

Ricardo Brandt, O Estadao de S.Paulo

26 Julho 2008 | 00h00

A campanha de reeleição do prefeito Gilberto Kassab (DEM) não vai poupar ataques à candidata Marta Suplicy (PT), em uma estratégia de tentar polarizar o embate com a ex-prefeita e isolar o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) das discussões na disputa sucessória em São Paulo.Ontem, a coordenação jurídica da campanha entrou com um recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo contra a decisão que proibiu o site oficial do candidato de direcionar a página para notícias sobre a lista de candidatos com "ficha suja" feita pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). Nela, aparecem os nomes de Marta e do ex-prefeito Paulo Maluf (PP).Anteontem, após a lista de "fichas-sujas" ser tornada pública, a campanha do DEM partiu para a briga. Além de espalhar pela cidade panfletos sem a logomarca da campanha com ataques à ex-prefeita, o site oficial de Kassab escancarou um apanhado de recortes de jornais com destaques para a divulgação da lista e do nome de Marta.O juiz auxiliar da propaganda da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Cláudio Luiz Bueno de Godoy, concedeu, no mesmo dia, uma liminar informando que "há indícios de uma propaganda negativa ou depreciativa" na estratégia usada pela campanha do DEM.O problema apontado por ele é que, nos recortes de jornais com as notícias sobre a lista da "ficha suja" da AMB, havia links que direcionavam o internauta para as respectivas páginas dos órgãos de imprensa, com a íntegra da notícia.A coordenação da campanha de Kassab disse entender que o juiz se equivocou, pois os links levam a sites noticiosos e não a sites que fazem propaganda ilegal - o que poderia caracterizar infração à Lei Eleitoral. Como a decisão do juiz proibiu apenas os links dentro do site, a campanha decidiu manter as notícias com a lista da "ficha suja" na página.Um dos coordenadores da campanha revelou que, quando aparecerem "fatos" relacionados aos demais candidatos, em especial a Marta, eles não serão "esquecidos".PANFLETODando mostras de que a estratégia é o ataque, anteontem começaram a ser distribuídos pela cidade panfletos intitulados "Sujou!". Nele, além de conter recorte com as notícias sobre a lista de "fichas-sujas", há no verso outros títulos recortados de jornais com críticas à administração da petista.No alto do verso, em letras grandes, está escrito: "Marta nunca mais!!! A cidade não esquece".O material não traz a logomarca oficial da campanha de Kassab, mas há o registro da coligação São Paulo no Rumo Certo.Kassab afirmou ontem que sua estratégia será "apresentar propostas" e negou que explorará a "fragilidade dos adversários".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.