Kassab provoca Marta em inauguração de comitê em SP

O prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, Gilberto Kassab, da coligação "São Paulo no rumo certo" (DEM, PMDB, PR, PV, PRP e PSC) inaugurou hoje seu Comitê Central de Campanha, no centro da cidade, ao lado dos ex-governadores de São Paulo Cláudio Lembo (DEM) e Orestes Quércia (PMDB) e da sua candidata à vice, Alda Marco Antonio (PMDB). Em seu discurso, Kassab citou várias parcerias com o governador José Serra (PSDB), a quem se referiu como o futuro presidente da República, e fez provocações a Marta Suplicy, candidata do PT à Prefeitura.O alvo preferencial do democrata foi a petista Marta Suplicy. Ele pediu que sejam feitas comparações entre a atual gestão na Prefeitura e a anterior, da candidata do PT. "Vamos fazer comparações, item por item. Quantos médicos a administração anterior contratou? Nós contratamos quase três mil. Quantos leitos a administração criou? Nós criamos 470 e ela desativou aproximadamente 600", afirmou o prefeito.Kassab ainda lançou um desafio a Marta, da coligação "Uma Nova Atitude para São Paulo" (PT-PC do B-PDT-PTN-PRB-PSB). "Eu quero que ela diga o que informatizou na nossa rede pública de saúde. Aguardamos a resposta", disse. Kassab afirmou que lançará um desafio por dia à candidata petista.O atual prefeito de São Paulo também fez elogios ao governador do Estado. "Existe uma pessoa que está presente aqui, não fisicamente, mas presente na nossa administração, nos apoiando. Essa pessoa inquestionavelmente será presidente da República e é o nosso governador", disse Kassab, ao citar Serra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.