Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Kassab diz que críticas a sua gestão são 'covardia'

Discurso do prefeito pretende comparar realizações da atual Prefeitura com gestões anteriores

Bruno Boghossian, de O Estado de S. Paulo

15 Agosto 2012 | 22h42

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), disse a militantes da campanha de José Serra (PSDB) na sucessão municipal que as críticas feitas por opositores a sua gestão são "covardia". O prefeito discursou em um ato da campanha de Serra em Cidade Ademar, na zona sul da capital paulista, destacou avanços da cidade nos últimos oito anos e afirmou que os adversários que apontam problemas na administração estão sendo desonestos.

"As pessoas falam: mas tem aquele problema lá, o outro problema acolá. Aí, é covardia. Aí, é uma crítica desonesta, porque todos sabem que a cidade tem muitos problemas. O importante é que oito anos depois tenha menos problemas do que há oito anos atrás", disse Kassab.

O discurso do prefeito segue a linha da estratégia de comunicação da campanha de Serra, que pretende comparar as realizações da Prefeitura nos últimos oito anos com gestões anteriores - em especial a administração da ex-prefeita Marta Suplicy, do PT, partido do candidato Fernando Haddad. Kassab é aliado de Serra e o sucedeu na Prefeitura em 2006, quando o tucano renunciou para disputar o governo de São Paulo.

No evento de campanha, Kassab deu argumentos aos militantes e cabos eleitorais para que eles defendam sua gestão. "Há oito anos, não tinha AMA (Assistência Médica Ambulatorial) na cidade de São Paulo. E a Lei Cidade Limpa? A cidade ficou mais bonita ou não ficou?", disse. "Quem iniciou esse processo de transformação e melhoria foi o Serra."

Kassab deixou o palanque minutos antes de Serra chegar ao local do evento. O candidato do PSDB citou obras inauguradas na região nos últimos oito anos e prometeu inaugurar uma escola técnica, se for eleito.

Mais conteúdo sobre:
Eleições 2012 SP PSD-SP Gilberto Kassab

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.