Kassab decreta luto de 3 dias em SP por morte de Ruth Cardoso

Congresso cancela sessão solene que se realizaria nesta manhã para celebrar os 20 anos de criação do PSDB

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

25 de junho de 2008 | 09h55

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), decretou nesta quarta-feira, 25, luto oficial de três dias no município pelo falecimento da ex-primeira-dama Ruth Cardoso. O governador de São Paulo, José Serra, também decretou três dias de luto oficial no Estado. A antropóloga, mulher do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, morreu na última terça-feira, por volta das 20h40, no apartamento da família, no bairro de Higienópolis, em São Paulo. Ela teve um enfarte fulminante.   Veja também: Especial: cronologia da antropóloga Ruth Cardoso  Antropóloga, Ruth Cardoso era intelectual reconhecida 'Ruth Cardoso deu novo sentido ao papel de primeira-dama' Ruth foi mais que uma primeira-dama, dizem políticos Serra e Alckmin lamentam morte de Ruth Cardoso Lula diz que morte de Ruth 'é uma grande perda' para o Brasil Galeria de fotos da trajetória de Ruth Cardoso    A sessão solene do Congresso que se realizaria na manhã desta quarta para celebrar os 20 anos de criação do PSDB foi cancelada em razão da morte de Ruth Cardoso. A  Secretaria de Relações Públicas do Senado divulgou a seguinte nota:   "Em virtude do falecimento da senhora Ruth Cardoso, a Secretaria de Relações Públicas informa o cancelamento da sessão solene em comemoração aos 20 anos de fundação do Partido da Social Democracia Brasileira - PSDB".     'Brasil perde referência intelectual'     O presidente do Senado, Garibaldi Alves, lamentou a morte de Ruth Cardoso. Em nota, ele destacou a contribuição da ex-primeira-dama para as políticas públicas e sociais do governo de Fernando Henrique Cardoso.   "Lamento profundamente a morte de dona Ruth Cardoso, a primeira dama, que contribuiu decisivamente para o êxito das políticas públicas e sociais do governo Fernando Henrique Cardoso. Perde o Brasil uma referência intelectual. Neste momento de dor, quero expressar meus sentimentos de pesar ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e aos demais familiares".

Tudo o que sabemos sobre:
KassabRuth CardosoFHC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.