Kassab aposta em debate para Serra reduzir diferença

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), disse hoje em Ribeirão Preto que o debate de amanhã, que será transmitido pela Rede TV, é um bom momento para reduzir a diferença entre os candidatos a presidente Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), que disputam o segundo turno. "Alguns momentos (da campanha) são muito especiais, porque fica muito clara a diferença entre a formação, experiência, a biografia e os compromissos. E o debate é um destes momentos. Por isso gera muita expectativa", disse.

GUTO SILVEIRA, Agência Estado

16 de outubro de 2010 | 17h59

Kassab, que participou em Ribeirão Preto de um encontro suprapartidário de apoio à candidatura de Serra, também disse que desde o primeiro turno a diferença de Dilma para Serra vem diminuindo. "E estamos muito entusiasmados e confiantes que ela vai continuar diminuindo", afirmou.

Durante seu discurso, o prefeito lembrou a pesquisa DataFolha publicada ontem e afirmou seis pontos (47% para Dilma e 41% para Serra) é uma diferença pequena para 15 dias de campanha, porque basta Serra subir três pontos.

Do encontro regional com o prefeito paulistano, que contou com a presença de cerca de 100 pessoas, participaram 22 vereadores e dez prefeitos da região de Ribeirão Preto, além de presidentes de partidos e os deputados estaduais Rafel Silva (PDT) e Gilson de Souza (DEM). Dois eleitos pelo PSDB, Duarte Nogueira (federal) e Welson Gasparini (estadual) não participaram do ato.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010José SerraKassab

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.