Kalil (PHS) diz que se vencer vai tirar as famílias de áreas de risco em BH

Candidato vai procurar a Defesa Civil para negociar a retirada de 2 mil famílias de locais perigosos

Leonardo Augusto, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2016 | 11h47

Belo Horizonte - O candidato do PHS à Prefeitura de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, votou no Colégio Estadual Central, na Zona Sul de Belo Horizonte, e afirmou que se eleito, vai procurar amanhã, 31, a Defesa Civil, a Prefeitura de Belo Horizonte e o governo do estado para negociar a retirada de 2 mil famílias de áreas de risco da cidade. "Em janeiro (por causa das chuvas) começa a cair casa e morrer gente".

Conforme o candidato, o objetivo é evitar que "essa catástrofe que se tornou rotina na cidade de Belo Horizonte passe a ser exceção". Kalil afirmou ter recebido ontem pesquisas que o colocam na frente do rival João Leite (PSDB) na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte. Em levantamento Ibope/TV Globo divulgado ontem, 29, Kalil tem 42% das intenções de voto, contra 37% de João Leite. "À vontade do eleitor é sagrada. Tem que ser respeitada com muita tranquilidade", disse. Kalil votou acompanhado apenas de sua mulher.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.