Justiça vai analisar custódia de Nicolau

O Ministério Público Federal pediu à Justiça que corrija omissões e falhas da Polícia Federal no serviço de custódia do ex-juiz Nicolau dos Santos Neto, condenado no escândalo dos desvios no Fórum Trabalhista de São Paulo. Ao todo, solicita 12 providências, incluindo abertura de procedimento disciplinar para apurar a conduta de agentes da escolta. Um acidente sofrido por Nicolau em casa, em 2005, e uma cirurgia a que ele se submeteu, em 2007, não foram informados pela Polícia Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.