Justiça suíça entrega dossiês que comprovam contas de Maluf

Depois de dois ano e meio de espera, o governo brasileiro finalmente coloca as mãos sobre os documentos que provam as movimentações financeiras realizadas pelo ex-prefeito Paulo Maluf, em bancos suíços. Na manhã de hoje, a justiça suiça enviou por correio à Embaixada do Brasil em Berna extensos dossiês sobre a investigação relacionada ao ex-prefeito de São Paulo. A Embaixada, após receber os documentos, irá encaminhá-los aos procuradores federais que poderão basear suas investigações sobre lavagem de dinheiro, tendo como referência as informações agora obtidas. Segundo apurou a Agência Estado, Maluf teria mantido duas contas entre 1985 e 1997 nos bancos suíços. Além destas contas, outras dez foram encontradas, nas quais os filhos do ex-prefeito aparecem como titulares ou detentores de direitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.